Diretor da Shein Adverte: Remessa Conforme Aumentará o Preço dos Produtos Importados

Marcelo Claure, presidente da Shein para a América Latina, destacou a possibilidade de um aumento na carga tributária afetar os preços das roupas comercializadas pela gigante chinesa.
 
A empresa se posiciona em conformidade com as diretrizes governamentais, manifestando prontidão para seguir as determinações relacionadas ao tema, mas deixa claro o impacto no preço dos produtos internacionais. Entenda.
 
Em uma entrevista ao Poder360 na quinta-feira (24 de agosto de 2023), Claure enfatizou o compromisso da Shein em obedecer às regras estabelecidas pelo governo. Ele observou que a postura da empresa é de responsabilidade e cumprimento de suas obrigações tributárias.
 
Claure ressaltou que a possibilidade de ajustes nos preços estará diretamente ligada à alíquota imposta.
 
A Shein também firmou um compromisso de produzir 85% das peças destinadas ao mercado brasileiro em território nacional até 2026. Recentemente, a empresa anunciou uma colaboração estratégica com a Coteminas, liderada por Josué Gomes, presidente da Fiesp, e a Santanense, visando criar uma rede de fabricantes têxteis no Brasil.
 
shein marcelo claure diretorComparativamente, a carga tributária no Brasil supera a de muitos outros países. As empresas brasileiras enfrentam uma série de impostos, incluindo IPI, PIS, Cofins e ICMS. Claure, ao abordar essa questão, indicou que a produção interna pode resultar em aumento de preços para o consumidor final.
 
“Se o preço aumentar um pouco, a demanda provavelmente diminuirá”, observou Claure, enfatizando que o sucesso da Shein está mais vinculado à eficiência operacional da empresa do que aos preços competitivos de suas peças de moda.
 
Além disso, ele pontuou que a tributação não se aplica apenas à Shein, mas também a outras plataformas de e-commerce. Sendo assim, a concorrência permanece em condições similares. Claure delineou um ambicioso objetivo de estabelecer cerca de 2.000 fábricas no Brasil. Além de atender à demanda interna, a empresa considera a possibilidade de exportar seus produtos para mercados estrangeiros.
 

Shein no Contexto do Programa Remessa Conforme

 
E-commerces estrangeiros que aderiram ao programa governamental Remessa Conforme estão sujeitos a uma taxa de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) de 17%. No entanto, tais empresas não contribuem para a arrecadação federal.
 
Até o mês de agosto, varejistas online de outros países eram obrigados a pagar 60% de II (Imposto de Importação). No entanto, era comum que empresas estrangeiras, notadamente chinesas, utilizassem artifícios para enviar produtos como se fossem transações individuais, evitando, assim, qualquer tributação.
 
A proposta de abolir essa isenção tributária foi debatida, mas posteriormente descartada devido à pressão nas redes sociais e à intervenção da primeira-dama, Janja.
 
Essa decisão terá um impacto de aproximadamente R$ 35 bilhões nas contas públicas ao longo de quatro anos, segundo a Receita Federal.
 
shein marcelo claure

Perfil de Marcelo Claure e Visão Estratégica

 
Marcelo Claure é um renomado empresário com 52 anos de idade e é o fundador do Claure Group, uma influente empresa de investimentos globais. Sua trajetória inclui a ocupação de cargos de destaque, como diretor-executivo do SoftBank Group International e diretor de operações do SoftBank Group Corporation.
 
A partir de janeiro de 2023, Marcelo Claure assumiu um papel central na Shein, liderando e moldando sua visão estratégica e operacional no mercado latino-americano. Sua vasta experiência e conhecimento têm contribuído para o direcionamento da Shein nessa região.
 
Assista à entrevisa completa:
 
Com informações do canal Poder360

Leave feedback about this

  • Leitura
  • Ponto de vista
  • Layout do site